Sistema de Graduação da ACIC

O sistema de graduação que a Associação de Capoeira Identidade Cultural segue, é um legado adquirido dos anos em que Mestre Pinguim fez parte da Associação de Capoeira Beira Mar da cidade de São Gonçalo-RJ. Os cordéis, são confeccionados utilizando a trança "de 4 pontas" em um material confeccionado em polipropileno, um cordão sintético comumente conhecido como "cordão rabo de rato".

Mestre Pinguim decidiu continuar com esse tipo de graduação pela vontade de manter a tradição dos cordéis e o sistema de cores, já que suas experiências no mundo da capoeira na maior parte do tempo, foram com esse tipo de graduação. Porém, outro motivo foi essencial para a escolha da manutenção desse sistema: a qualidade do material quem mantém as cores e o acabamento intactos, independente do tempo de uso.

O sistema usado segue o padrão da Confederação Brasileira de Capoeira (única reconhecida pelo COB - Comitê Olímpico Brasileiro), essa por sua vez, filiada a Federação Internacional de Capoeira (FICA) e utiliza as cores da bandeira do Brasil, na seguinte ordem:

OBS:

èA graduação dá duas voltas na cintura e é amarrada utilizando o nó "boca de lobo". Geralmente suas pontas ficam na direção do joelho.

èUtilizamos o nó da graduação disposto para o lado esquerdo, ao lado do símbolo na calça, nunca a frente. O lado esquerdo foi escolhido por ser o "lado do coração", simbolizando assim, nossa ligação sentimental com a capoeira.

èO sistema de graduação mirim (até 14 anos), é idêntico ao sistema básico, porém, acrescenta-se fios cinzas para esse reconhecimento.

èApós a formatura de mestre, o tempo para a troca de grau é de 10 em 10 anos.

èO padrão de cores usados são: Cinza Prata, Verde Bandeira, Amarelo Canário, Azul Turquesa e Branco.

Qualquer dúvida, deixe nos comentários que procuraremos responder.

Nenhum comentário: