Capoeira Como ferramenta de Inclusão Social

A ACBM vem mais uma vez mostrar um trabalho de caráter social-inclusivo. No Dia 12 de Outubro de 2011 – Dia das Crianças, uma parte da Equipe do Contra-Mestre Pingüim se uniu na cidade do Carmo-RJ para mostrar o trabalho que vem sendo realizado por nossa Associação, através do Formado Costelinha e Graduado Vandinho com crianças portadoras de deficiência física ou psicológica, da Associação Sentindo na Pele. Na ocasião, se uniram capoeiristas de Além Paraíba-MG (Contra-mestre Pingüim, Monitor Zoim e seus alunos), Argirita-MG (Formado Antonio Márcio e alunos), Santa Rita da Floresta | Cantagalo-RJ | (Formado Gil e seus alunos) e da própria cidade do Carmo (Formado Costelinha, Graduado Vandinho e alunos). No Dia das Crianças, a Beira Mar veio mostrar novamente a capoeira como ferramenta de inclusão social, reforçando o que costuma dizer um de nossos alunos: “A Capoeira vai além do que os braços e as pernas podem fazer.”. Aproveitamos a oportunidade para agradecer o apoio a diretora da Escola Estadual Dr. Francisco Leite Teixeira, Margareth, que apóia o Formado Gil e permitiu a ida das crianças de Santa Rita da Floresta ao Carmo e a Associação Sentindo na Pele, na pessoa de Maria do Carmo. Confira as fotos da apresentação que aconteceu na Praça principal da cidade do Carmo.













































Capoeira Como ferramenta de Inclusão Social Capoeira Como ferramenta de Inclusão Social Reviewed by Paula Lopes on 14:36 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.